blog

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

blog

Logo oceane
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

8 fatos curiosos sobre o microbioma da pele

Você sabia que os microorganismos que vivem em nossa epiderme são fundamentais para manter a saúde da pele? Veja 8 curiosidades sobre a microbiota!

Redação Océane

14/11/2023

5 min de leitura

Redação Océane

5 min de leitura

Foto de uma modelo aplicando um sérum no rosto para equilibrar o microbioma da pele.

Todo mundo deseja uma pele impecável e radiante, mas será que estamos prestando atenção ao verdadeiro segredo por trás de uma tez perfeita? Compreender e cuidar do nosso microbioma da pele está se tornando cada vez mais popular no mundo da beleza e nos cuidados com a saúde da pele.

Pode até parecer estranho, mas os microrganismos que vivem na nossa epiderme, se estiverem equilibrados, são muito benéficos. E, neste post aprenderemos mais sobre a microbiota e sua importância para a nossa pele. Vem com a Océane desmistificar o microbioma cutâneo!

O que é o microbioma da pele?

O microbioma da pele é como uma comunidade de microrganismos que se estabelece na superfície da nossa pele. Ele inclui bactérias, fungos e, até mesmo, vírus, e eles desempenham um papel essencial para manter a nossa pele saudável e bonita.

Foto da epiderme, a camada mais externa da pele e seu microbioma.

Fatos curiosos sobre a microbiota da pele

Vamos desmistificar a lenda de que todos os germes são prejudiciais à pele. Na verdade, a maioria deles é benéfica! Veja 8 fatos curiosos sobre o microbioma:

1. Os micróbios são os guardiões naturais da nossa pele

Os micróbios da pele são como nossos defensores naturais. Eles competem com micróbios nocivos, impedindo que se estabeleçam em nossa pele. Essa competição saudável mantém a pele equilibrada e ajuda a prevenir erupções cutâneas, irritações e infecções.

2. A individualidade do seu microbioma cutâneo

Da mesma forma que cada pessoa é única, o microbioma da pele também é singular. Cada indivíduo possui seu próprio ecossistema microbiano, o qual é moldado por variáveis como idade, herança genética, clima e, até mesmo, o uso de produtos de cuidados com a pele. Portanto, o que funciona para uma pessoa pode não funcionar para outra.

3. Comunicação microbiana

Os micróbios da pele não apenas convivem harmoniosamente, mas também se comunicam. Eles comunicam-se através de sinais químicos que são essenciais para manter o equilíbrio dos microrganismos na pele, o que, por sua vez, é fundamental para garantir a saúde da pele.

4. O efeito da estação do ano

As diferentes estações do ano influenciam na microbiota. No inverno, a pele pode ser mais seca, o que afeta os tipos de micróbios presentes. No verão, a exposição ao sol e ao suor também influencia o equilíbrio microbiano.

5. O microbioma e a idade

À medida que envelhecemos, a composição do microbioma da pele muda. A pele jovem geralmente possui uma ampla variedade de micróbios benéficos, enquanto a pele mais madura pode apresentar uma proporção maior de micróbios prejudiciais.

6. Poder da diversidade microbiana

A diversidade desempenha um papel fundamental na promoção de um microbioma saudável. Quanto mais variados forem os micróbios na sua pele melhor ela estará equipada para combater invasores prejudiciais e manter seu aspecto radiante.

7. Sincronia com a flora intestinal

Existe uma ligação entre o microbioma da pele e o microbioma intestinal. O equilíbrio em ambos os microbiomas é fundamental para a saúde geral. Uma dieta rica em fibras e probióticos (lactobacilos vivos) beneficia não apenas a pele, mas todo o corpo.

8. A influência do nascimento e da amamentação

A forma como você nasceu e se foi amamentado pode afetar o seu microbioma. Bebês nascidos por cesariana podem ter um microbioma da pele ligeiramente diferente daqueles que nascem por parto normal. Além disso, a amamentação pode fornecer micróbios benéficos ao bebê, fortalecendo seu sistema imunológico.

Lembre-se, cada curiosidade sobre o microbioma da pele nos leva a descobrir mais sobre esse universo fascinante e o papel que desempenha em nossa beleza e bem-estar. Portanto, cuide bem de seus pequenos amigos microbianos e desfrute de uma pele saudável e radiante por toda a vida!

Leia também: 8 mitos sobre espinhas: desvende-os com a Océane

Benefícios do microbioma para a pele

O equilíbrio do microbioma é fundamental para manter a pele saudável. Se liga nos principais benefícios da microbiota da pele:

  • Hidratação natural: os micróbios da pele produzem ácido hialurônico, um potente hidratante natural. Manter um microbioma saudável significa uma pele naturalmente mais hidratada;
  • Proteção UV: algumas bactérias da pele têm a capacidade de neutralizar os danos causados pela radiação ultravioleta, ajudando a prevenir o envelhecimento prematuro da pele;
  • Combate à acne: os microrganismos saudáveis competem com bactérias que causam acne, reduzindo as erupções cutâneas e mantendo a pele mais equilibrada;

Foto da embalagem do creme facial com probióticos.

Como Cuidar do Seu Microbioma da Pele

  1. Evite o excesso de limpeza: limpar em excesso a pele com produtos agressivos pode desequilibrar o microbioma. Opte por produtos suaves e evite lavagens excessivas, duas vezes por dia é mais que essencial;
  2. Alimentação Saudável: uma dieta rica em fibras e probióticos ajuda a nutrir seus micróbios cutâneos;
  3. Produtos amigáveis aos micróbios: escolha produtos de cuidados com a pele que sejam formulados para respeitar o microbioma, evitando ingredientes agressivos, especialmente se sua pele epiderme for mais sensível;
  4. Reduza o estresse: o estresse crônico pode afetar negativamente o microbioma da pele. Pratique técnicas de redução de estresse, como ioga ou meditação.

Nossa pele é o maior órgão do corpo e é o nosso cartão de visita para o mundo. Cuidar do microbioma da pele é fundamental para manter uma epiderme saudável e radiante. À medida que mais pesquisas são realizadas sobre esse tema fascinante, podemos esperar descobrir ainda mais segredos sobre como manter nossa pele jovem e bonita.

Portanto, lembre-se de mimar seus pequenos amigos microbianos e apreciar os benefícios que eles oferecem para a sua beleza natural. Sua pele agradecerá por isso!

Ah, e aproveite para conhecer os principais ativos antioxidantes e suas ações para a saúde da pele. Te esperamos lá. 😉

compartilhe