blog

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

blog

Logo oceane
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

Assadura entre as pernas: o que é + como evitar

Use tecidos leves, mantenha a região limpa e hidrate as coxas após o banho são formas de evitar assadura nas coxas. Descubra mais dicas!

Redação Océane

04/12/2023

5 min de leitura

Redação Océane

5 min de leitura

modelo alongando uma das pernas em um ambiente ao ar livre

Não adianta negar, o Brasil ama o verão. Afinal, é a estação que rola uma praia, um mergulho na piscina e o famoso pé na areia. Mas não é só de felicidade que vivemos. São necessários alguns cuidados especiais nos dias quentes, além, claro, dos incômodos causados pelo calor intenso.

Entre os desconfortos mais recorrentes estão as assaduras entre as pernas. O atrito ocasiona vermelhidão e dores — ocorre principalmente com quem possui coxas grossas. É super importante evitar esse acontecimento, até porque a assadura pode evoluir para infecções.

No post de hoje, iremos te contar quais são os fatores que causam a assadura, doenças que podem ocorrer e como prevenir a vermelhidão — vem descobrir!

Como a assadura entre as pernas surge?

É importante destacarmos que as inflamações são causadas pelo contato da pele com líquidos, que podem ser suor ou urina, por exemplo. Sendo assim, podem se manifestar em diferentes regiões: coxas, virilha e axilas.

Identificar as assaduras é simples: a região fica avermelhada e coçando, algo que desperta aquela sensação de queimação, um sinal claro de irritação na pele.

Nos casos mais graves, aparecem alguns cortes que favorecem o aparecimento de microrganismos. Esse acaba se tornando o cenário perfeito para o surgimento de infecções, como a candidíase e cutâneas.

pessoa subindo uma escada correndo e usando shorts

6 dicas para prevenir assadura entre as pernas

Chega de assaduras nas pernas! Confira o que você pode fazer para prevenir esse incômodo:

1. Prefira roupas com tecidos naturais

O verão pede tecidos mais leves e fresquinhos, mas as tecelagens sintéticas favorecem a fricção. Em outras palavras: evite usar fibras sintéticas e opte por peças naturais. As roupas feitas em linho, algodão, seda e lã serão suas maiores aliadas no calor intenso.

Outra dica é usar comprimentos que cubram as partes do corpo que atritam. Cuide para não escolher peças mais compridas, mas que fiquem enrolando (como shorts, por exemplo), pois elas favorecem a assadura.

Se você tem alergia ao sol, reforce esses cuidados. Opte por peças que cubra a área, evite pegar sol entre às 10h e 16h, além de proteger a pele adequadamente com o protetor solar.

2. Invista em óleos corporais

Os óleos corporais são tudo de bom, não é? São perfeitos para hidratar e suavizar a textura da pele, além de garantir um brilho único ao corpo. Mas, além de todos esses benefícios, são capazes de agregar uma camada de proteção que evita o atrito e o ressecamento.

Crie o hábito de passar os óleos corporais sempre e, se necessário for, reaplique mais de uma vez ao longo do dia. Só assim você conseguirá evitar o atrito entre as pernas e diminuir o incômodo.

3. Mantenha a região limpa e seca

Essa é uma das melhores formas para evitar as assaduras nas coxas¹. Manter uma rotina de banho é essencial para isso, e fique tranquila, afinal, não há segredo para realizar a limpeza da área. Existem algumas dicas para tornar o processo mais efetivo.

Opte por sabonetes neutros e suaves. Limpe e seque a região suavemente, pois a pele está sensível. Prefira secar a região com toalhas mais macias.

esfoliante corporal sobre pinceladas do próprio produto para passar entre as pernas

4. Use shorts modeladores debaixo de saias e vestidos

A gente ama usar shorts, saias e vestidos nos dias quentes. Porém, são peças que favorecem o aparecimento de inflamações. E a recomendação da maioria das pessoas é sempre: use um shortinho por baixo.

Mas vamos ser sinceros: embora seja eficiente, unir duas camadas de tecido no calor não é uma combinação agradável, não é? Por isso, os shorts modeladores são uma excelente alternativa. São fininhos e super valorizam as curvas.

O ponto de atenção aqui vai para a escolha do tecido dos shorts: opte por peças feitas em algodão. O tecido é natural, sendo considerado mais fresco que as fibras sintéticas, como poliéster.

5. Hidrate as coxas após o banho

Se você acompanha os nossos conteúdos, sabe que a hidratação é um cuidado que sempre vem listado quando o assunto é pele. E aqui, não é diferente! Cremes com pantenol, óxido de zinco, lanolina e petrolato são ótimos ativos para a pele¹.

Manter uma rotina que inclua cremes poderosos que hidratam o corpo e o rosto é essencial para a saúde da nossa pele — mais uma forma eficiente de evitar assaduras. Entretanto, se você já estiver com o local inflamado, prefira manter a região seca, limpa e muito bem ventilada¹.

Quais infecções podem ser causadas por assaduras nas coxas?

Existem alguns fatores que influenciam muito no surgimento das irritações: uso de tecidos leves que favorecem o atrito, maior propagação de bactérias e fungos, além de vestir roupas úmidas (seja pelo suor ou devido às praias e piscinas).

Tanto homens quanto mulheres estão suscetíveis a passar por isso. Se isso ocorrer contigo, é super importante tratar adequadamente para evitar o aparecimento de:

  • Candidíase;
  • Impetigo;
  • Foliculite;
  • Intertrigo.

Formas para tratar a inflamação nas coxas

Sabemos que a coceira, vermelhidão e ardência constante provoca muito incômodo, principalmente para quem tem coxas grossas. Mas algumas atitudes podem ser tomadas após as pernas estarem assadas.

As principais indicações são:

  • Deixar a região seca, ventilada e limpa;
  • Usar roupas levemente ajustadas feitas em tecidos naturais, como algodão;
  • Opte por peças respiráveis, mais uma vez o algodão é a melhor opção;
  • Evite coçar o local.

E aqui vale um alerta muito importante: se você está tratando, mas não vê melhoras na irritação, procure um especialista em dermatologia. Lembre que as assaduras podem evoluir para infecções graves, não queremos isso, não é?

Chegamos ao fim de mais um conteúdo incrível. Por aqui, você descobre como evitar e tratar as assaduras nas pernas. Já que o papo são os dias quentes, aproveite para descobrir os melhores tratamentos para fazer no verão — até logo!

Referências

¹ Assaduras em adultos: saiba como prevenir e tratar. Fundação Oswaldo Cruz. Acesso em: 10 nov. 2023.‌

compartilhe