blog

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

blog

Logo oceane
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

Calo nas mãos e pés: por que aparecem e como cuidar

Você tem calos? Saiba neste post da Océane como acabar com as calosidades e como cuidar de sua pele para preveni-la de mais lesões. Acesse e confira!

Redação Océane

29/01/2024

5 min de leitura

Redação Océane

5 min de leitura

imagem de uma pessoa passando hidratante para calos

Existem diversas coisas no nosso corpo que podem acabar incomodando. Dentre elas, os calos ganham espaço. Para quem treina, trabalha ou toca instrumentos, o excesso de movimentos repetitivos pode acabar causando esses sinais indesejáveis.

Mas afinal, como a gente se livra dos calos? Quais decisões tomar para tratá-los ou evitá-los? Bom, todas essas dúvidas são válidas para seu bem-estar e muito mais comuns do que podemos acreditar. Pensando nisso, a Océane resolveu trazer um post completo com todas as dúvidas que podem aparecer sobre esse assunto. Continue a leitura e descubra!

imagem de um pé na banheira esfoliando os pés

Como os calos surgem?

Por mais que possa parecer óbvio, os calos não vêm apenas por calçados apertados, ferramentas desproporcionais ou opções parecidas. Muitas pessoas possuem calos mesmo sem trabalhos manuais — o próprio uso do celular pode causar calos nos dedos. Além disso, músicos possuem diversos calos em suas mãos por conta de seus instrumentos.

A verdade é que o estresse nas mãos de qualquer modo pode causar calos. Estranho, né? Mas ainda assim, interessante. Além dos motivos citados acima, a falta de ativos hidratantes pode ser um motivo válido para o aumento ou a piora de calos. Mas não se preocupe, existem maneiras de evitar calosidades e cuidar daqueles que já surgiram — confira a seguir.

Quais são os melhores métodos para evitar os calos?

Dentre os métodos para evitar a formação dessas lesões, alguns se destacam por sua eficácia e facilidade de reprodução, não é necessário grandes mudanças na rotina ou algo parecido, basta adicionar estes costumes no seu dia a dia. Veja:

Use luvas de proteção

Para quem trabalha com o manuseio de objetos, ferramentas e outros itens semelhantes, utilizar luvas de proteção pode ser uma excelente forma de evitar calosidades nas mãos. Esse costume fará total diferença na hora de explorar seus serviços. Além de aumentar sua segurança e integridade, elas ainda são excelentes para evitar calos.

Escolha sempre calçados adequados

Outro passo importante é não comprar sapatos abaixo de seu número ou em formatos que não sejam adequados para os seus pés. O uso de calçados inadequados é o principal e o pior motivo para justificar calos nos pés. Em situações de desconforto, retire o calçado ou o substitua. Outra forma de evitar calos nos pés é utilizando meias de qualidade e conforto.

imagem do produto foot peeling

Evite andar descalço e fazer atividades brutas sem proteção

Por último, evite andar descalço e fazer atividades sem proteção, pois isso resseca os pés e os deixam mais vulneráveis para possíveis atritos.

Existem diferenças entre os tipos de calos?

Todo calo é um calo, isso não pode ser mudado, mas quando falamos de tipos, estamos nos referenciando com base em sua localidade, causa de surgimento e tamanho.

Algumas pessoas possuem calos por pressão, sendo esses comumente resultados do uso de calçados indevidos, outros são chamados de calos de fricção, causados por atrito frequente e excessivo em uma parte específica, normalmente resultado de trabalhos manuais sem proteção.

Por último, temos os calos neurovasculares, que podem acontecer em áreas de alta pressão por problemas vasculares ou nervosos. Cada um desses possui causas diferentes e, muito provavelmente, localidades distintas, mas todos são calosidades que devem ser tratadas da mesma maneira.

Quais cuidados devemos ter com os calos das mãos?

Os cuidados com os calos são, em maior parte, os mesmos. De maneira mais específica e focada, falaremos dos cuidados com as mãos com calos, o mais comum. Veja quais são eles:

Hidrate as mãos constantemente

O primeiro passo para cuidar de seus calos é manter o local onde ele se encontra bem hidratado, isso porque o ressecamento desse calo resulta em dores e outros incômodos que podem ser evitados mantendo uma boa rotina de hidratação na área onde essa lesão está.

Faça esfoliações suaves

Depois, pratique esfoliações corporais suaves com produtos como esfoliantes de arroz ou outras substâncias naturais que podem auxiliar na melhora mais rápida dessas calosidades. A frequência dessas esfoliações pode variar de acordo com o estado de seus calos, sendo no mínimo 1 vez por semana e no máximo 4.

imagem de um braço fazendo esfoliante

Evite atritos excessivos

Para que o seu calo não piore, dê um jeito de cuidar para que não haja atritos excessivos no mesmo local. Se esse problema permanecer, há chances de essa lesão nunca melhorar e acabar resultando em problemas mais crônicos e difíceis de serem resolvidos sem o auxílio de um podólogo.

Como acabar com os calos nos dedos?

Para acabar com os calos nos dedos, é necessário que os cuidados sejam maximizados de maneira que suas mãos não sofram com contatos excessivos de peças ásperas ou que podem ocasionar algum tipo de lesão. Como já citamos, mantenha sempre uma rotina de cuidados e utilize luvas de proteção para atividades mais pesadas.

Em casos extremos e delicados, pode ser feita a remoção desse calo com uma tesoura ou lâmina esterilizada. Mas atenção: isso só pode acontecer se for um calo muito grande e incômodo para você. De qualquer maneira, busque a ajuda de um profissional para que ele indique a melhor forma de prosseguir nessa situação.

O que fazer com calos secos e doloridos?

A melhor opção para calos secos é buscar um profissional, em casos de dores extremas com inflamações, é válido o uso de medicamentos anti-inflamatórios, além disso, para que o seu conforto seja priorizado, hidrate sua lesão constantemente. Somente assim, com ações planejadas, a dor vai passar.

Em resumo, mantenha sempre a hidratação e a proteção em dia, esses são os dois pontos principais para evitar e até mesmo para acabar de uma vez por todas com os calos. Para mais dicas sobre saúde, consulte sempre o blog da Océane, tenha pertinho de você uma marca que se preocupa.

Aproveite também para conferir nosso post sobre como acabar com as estrias e permita que sua saúde exale por onde você estiver com nossas dicas!

compartilhe