blog

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

blog

Logo oceane
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

Como acabar com a caspa: 8 dicas para incluir na rotina

Quer saber o que é bom para acabar com a caspa? Vem cá conferir nossas dicas para incluir na sua rotina e dar adeus para as casquinhas no couro cabeludo.

Redação Océane

04/04/2023

6 min de leitura

Redação Océane

6 min de leitura

modelo olhando as capas no cabelo

A caspa é uma doença capilar muito comum entre homens e mulheres. Geralmente, causa coceira e descamação no couro cabeludo, deixando uma série de casquinhas brancas espalhadas no topo da cabeça. As causas são diversas, mas com tratamento e cuidados certos é possível tratar a caspa e dar fim ao problema. Quer descobrir como? Vem com a gente!

Afinal, o que é caspa?

Em termos científicos, a caspa é chamada de dermatite seborreica e caracterizada como uma disfunção nas glândulas sebáceas do couro cabeludo. Como consequência, há maior produção de sebo que causa a temida descamação. Geralmente, quem tem caspa possui uma predisposição genética e, em algum momento da vida, “ativa” a doença por fatores externos (clima, por exemplo) ou por fatores internos (como estresse, alimentação inadequada e desequilíbrio hormonal).

modelo com lupa para ver as caspas no cabelo

Além disso, a caspa é mais comum em homens devido ao percentual de testosterona, hormônio masculino que afeta diretamente a quantidade de glândulas sebáceas. Mas isso não significa que as mulheres ficam livres do problema, viu? Segundo as últimas pesquisas, o problema impacta 2 milhões de brasileiros anualmente.

8 dicas para dar adeus à caspa

Agora que você já entendeu um pouco mais sobre o assunto, deve estar se perguntando: o que é bom para caspa? É isso que vamos te mostrar! Listamos os melhores truques para você incluir na rotina, veja:

1. Mantenha a raiz do cabelo sempre limpa

O obvio também precisa ser dito! Então, sim, lavar o cabelo é uma etapa essencial para deixar a raiz limpa e livre de óleo. Para isso, você pode usar um shampoo anticaspa ou um shampoo para cabelo oleoso. Aproveite para fazer uma esfoliação superficial, fazendo movimentos suaves no couro cabeludo, se livrando das células mortas e casquinhas indesejadas.

shampoo para cabelos oleosos em um ladrilho de banheiro

2. Condicionador ou máscara capilar é só nas pontas, ok?

Muita gente acredita que o condicionador é o grande vilão, porém isso é um mito. Tanto o condicionador, quanto as máscaras capilares quando aplicadas do jeito certo só trazem benefícios. E qual é o jeito certo? Sempre do comprimento para as pontas, nunca na raiz.

máscara de tratamento para cabelos oleosos

Então amiga, pode aplicar condicionador para cabelos oleosos sem medo nesse cabelo! Assim, sua raiz fica sequinha e sem caspa, enquanto suas pontas ficam macias e bem hidratadas.

3. Prefira lavar o cabelo na água morna ou gelada

Embora seja gostoso tomar um banho quentinho no final do dia, quanto mais quente a água, mais ressecado o couro cabeludo fica. O resultado disso, é mais ou menos, um efeito dominó: cabelo ressecado > oleosidade excessiva como rebote > aumento de caspa. Desta forma, o ideal mesmo é lavar o cabelo em água morna ou até gelada — se conseguir — para evitar a formação de novas casquinhas.

Veja também: Como lavar o cabelo corretamente: passo a passo prático.

4. Opte por escovas de cabelo fáceis de lavar

É sempre bom manter as escovas de cabelo limpas, mas quando a gente tem caspa ou tá lidando com outro tratamento capilar é ainda mais importante. Imagina só: você lava seu cabelo na água morna, massageia, passa shampoo e condicionador, tudo direitinho e, depois, penteia com um pente sujo, devolvendo as caspas para os fios. Não dá certo, né? Neste caso, vale ter pelo menos duas escovas de cabelo ventiladas, para lavar rapidinho na pia do banheiro e secar.

modelo penteando o cabelo com escova ventilada

5. Dê um pause nos procedimentos químicos

Por mais “fraco” que seja, todo procedimento químico afeta diretamente o couro cabeludo. Então se você está na missão de lidar com a caspa, vale a pena pausar as químicas no cabelo até recuperar tudo. Além disso, tanto a caspa, quanto progressivas e descolorações podem causar queda se os fios não forem bem tratados.

Ah, e por falar em queda, se você também estiver enfrentando esse problema, vale a pena dar uma olhada no post: “Queda de cabelo: principais motivos e como tratar”.

6. Dormir com o cabelo molhado? Nem pensar!

Tem dias que a gente precisa lavar o cabelo a noite e a preguiça de esperar ou secar com o secador acaba vencendo, mas isso não faz nada bem para a saúde dos fios. Toda essa umidade abafada pelo travesseiro favorece a multiplicação de fungos na região, piorando ainda mais o quadro de caspa. O mesmo vale para prender o cabelo molhado.

7. Cuidado com bonés, viseiras e chapéus

Tudo que deixa o cabelo abafado facilita o aumento de caspa. Tem situações, o uso de capacete que são inevitáveis, mas outras que dá para evitar como uso de bonés, chapéus e viseiras de corrida. O segredo é sempre que possível, deixar o cabelo solto, quando não der, lembre-se de lavar bem o cabelo antes e depois e limpar e/ou lavar os acessórios.

8. Inclua hábitos para controlar a ansiedade e o estresse

Como a gente explicou nos tópicos anteriores, a caspa surge em quem tem pré-disposição genética e pode ser ativada por fatores internos — que é o que acontece em boa parte dos casos. Dentre estes fatores, o principal deles, ao nível mundial, são a ansiedade e o estresse, problemas de cunho emocionais que costumam ter relação com a caspa.

blend de óleos essenciais

Portanto, o grande segredo é testar opções para cuidar do seu estado emocional, como terapia, yoga, aromaterapia, corrida e afins. É só ir experimentando e escolher o que funciona melhor para você.

Gostou? Fique de olho em nosso blog e confira outros conteúdos incríveis sobre cabelo, skincare e beleza! Veja também este: cuidados para proteger o cabelo do suor durante os treinos.

compartilhe