blog

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

blog

Logo oceane
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

Gelo no rosto é bom? Descubra se é mito ou verdade

Se você já ouviu que passar gelo no rosto é bom, nós viemos esclarecer tudo sobre essa técnica de skincare e te contar os cuidados para adotá-la.

Redação Océane

17/08/2023

5 min de leitura

Redação Océane

5 min de leitura

Representação de uma mulher aplicando gelo no rosto.

Se você ama o assunto “skincare”, sabe que a cada dia vemos uma técnica nova no TikTok, algumas “perigosas” e outras que realmente podem ajudar.

Passar gelo no rosto, na espinha ou até nas olheiras é uma dessas dicas super famosas que podem potencializar a sua rotina de cuidados e até melhorar a firmeza da pele. Mas, fique atenta porque é preciso tomar alguns cuidados ao adotá-la.

Afinal, “o que o gelo faz com o rosto?” Essa é uma pergunta que ouvimos bastante e, se você está curiosa para saber se o gelo faz bem para a face, é só continuar lendo o post de hoje. 😉

Foto de uma mulher aplicando dois cubos de gelo na região da mandíbula.

Benefícios de passar gelo no rosto

Será que é bom passar gelo no rosto? Devo usar gelo no rosto para flacidez? Uma coisa é certa, ele tem função de diminuir os vasos sanguíneos, o inchaço e a inflamação da pele (ou vai me dizer que você nunca colocou gelo em uma lesão esportiva?).

É o mesmo princípio para o nosso rosto: o gelo pode melhorar a flacidez da pele (mas não faz milagres) e diminuir a vermelhidão do rosto, o inchaço, as olheiras e até os poros.

Mas calma lá, porque o efeito é temporário, já que a temperatura padrão do nosso corpo é 37 °C, ok? Vamos entender cada um desses benefícios com calma.

1. Menor vermelhidão na pele

Muitas vezes a vermelhidão que notamos no nosso rosto é em decorrência de alguma inflamação acneica e, nesses casos, o gelo ajuda a diminuí-la.

Para esse efeito, faça movimentos leves e tire o contato do gelo com a pele com certa frequência para não piorar o quadro com uma queimadura.

Foto de um rosto com sintomas de vermelhidão por conta da pele sensível.

2. Alívio de queimaduras de sol

O gelo também consegue dar uma amenizada na vermelhidão da pele causada pelas queimaduras de sol, sabia? Ele alivia, inclusive, a sensação de queimado (mas cuidado para não queimar a pele com gelo). Passe aos poucos!

3. Redução das olheiras

O gelo nas olheiras é um ótimo truque para disfarçar o efeito das noites (ou da semana) mal dormidas e é instantâneo! O truque também é ótimo para a redução das olheiras vasculares e das bolsas saltadas embaixo dos olhos.

Vale a pena tentar: faça movimentos circulares começando da parte interna do olho até a extremidade do rosto. Repita esse processo por alguns dias para notar a diferença.

4. Poros menos dilatados e com menos oleosidade

Como já falamos, o gelo é responsável pela vasoconstrição, ou seja, pela compressão dos poros. Tá, mas o que isso significa? Que o tamanho dos seus poros reduzem em contato com o gelo. Poros menos dilatados = pele preparada para a maquiagem!

Dica: lavar o rosto com água gelada fecha os poros e reduz a oleosidade da pele durante o dia, ou seja, é uma possibilidade segura para substituir o gelo. 😉

Quer saber se pasta de dente tira espinha? A gente te conta!

5. Pele pronta para a maquiagem

Como o gelo fecha os poros e controla a oleosidade da pele, isso faz com que a pele desenvolva menos espinhas e fique mais uniforme. Ou seja, a maquiagem ficará com um aspecto melhor e durará por mais tempo — quase como a ação de um primer.

Cuidados ao passar gelo na pele

Por mais que o gelo seja apenas água congelada, ele não deve ser usado como item de skincare em todos os tipos de pele, sabia? Se você tem pele sensível, rosácea ou acne grave, é melhor evitar para não dar efeito contrário e agravar o quadro.

Pessoas com hanseníase e diabetes também não devem usar a técnica, por terem diminuição da sensibilidade, ou seja, podem não sentir a queimação do gelo na pele.

Caso você não se enquadre em nenhum desses casos, fique à vontade para aproveitar os benefícios do gelo — mas com cuidado, beleza? E, para melhorar ainda mais, combine a técnica com máscaras faciais que causem esse efeito gelado.

Foto de embalagens da máscara facial com ácido hialurônico da Océane.

Prefira usar o cubo de gelo envolto em algum tecido de algodão ou, caso for passá-lo diretamente sobre a pele, faça movimentos circulares ao invés de deixá-lo parado sobre o mesmo local por muitos segundos.

Quando for aplicar a técnica, lembre-se de que a pele precisa estar limpa (sem resquícios de maquiagem) e, dê preferência, molhada. Assim você evitará possíveis irritações.

Ah, e se você ouviu que é bom passar gelo no rosto todos os dias, apenas considere que não deve ser feito em excesso, resumindo: passe apenas uma vez por dia. Combinado?

Como ter uma rotina de skincare eficiente?

Mesmo que você tenha a pele perfeita para usar gelo diariamente, precisamos te contar que isso não resolverá todos os seus problemas… O que você precisa mesmo é criar uma rotina de skincare!

Então, vem com a gente conhecer as diferenças de uma rotina matutina e uma noturna e entender como montar a sua para uma pele maravilhosa e super viçosa. ?

compartilhe