blog

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

blog

Logo oceane
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

É normal ter queda de cabelo pós-parto? Descubra tudo!

Sim, é super normal os fios caírem após o terceiro mês do parto. Mas existem 7 formas de amenizar a queda de cabelo pós-parto. Clique e descubra!

Redação Océane

22/11/2023

6 min de leitura

Redação Océane

6 min de leitura

modelo olhando para o espelho preocupada com a queda de cabelo

Nós sabemos que pode ser desesperador ver os fios caindo e formando aqueles tufos na hora de lavar as mechas ou mesmo ao pentear o cabelo depois de meses para gerar uma nova vida. Mas temos uma ótima notícia para você, mamãe: esse período é temporário e vai passar.

Após o nascimento do bebê, o corpo continua a passar por diversas alterações, principalmente hormonais. Todas as modificações afetam a saúde dos fios, o que acarreta a queda de cabelo no pós-parto — sendo algo normal.

Mas sabemos que a insegurança e o medo batem, por isso, vamos te tranquilizar com este post. Te convidamos para um bate-papo super acolhedor e esclarecedor sobre as nossas madeixas no período de amamentação. Vamos lá?

Por que ocorre a queda de cabelo no pós-parto?

Todo o período de formação do baby é sentido no corpo da mamãe, afinal, ocorrem diversas variações hormonais, inclusive no couro cabeludo. São essas mudanças que explicam a queda de cabelo por conta de um motivo bem simples: os níveis de progesterona aumentam na gestação.

Essa característica é vital para fazer os fios crescerem muito, ficarem brilhantes e resistentes à queda. A questão é que, após o parto, os níveis do hormônio diminuem drasticamente. Isso faz com que o cabelo caia com facilidade.

Por isso, o período depois do nascimento da criança exige alguns cuidados estéticos especiais à mamãe. Além do cabelo, a pele do rosto e do corpo precisam de atenção. Em nosso site, temos um conteúdo completo para explicar como cuidar da epiderme no pós-parto — fique por dentro também!

Quais são os outros fatores que ocasionam a queda de fios?

Além das modificações hormonais, existem outros fatores que contribuem para os fios caírem, os principais são:

  • Estresse;
  • Infecções;
  • Recuperação pós-cirúrgica;
  • Medicamentos com formulação forte, como retinoides e anti-inflamatórios;
  • Perda de peso abrupta;
  • Sintomas depressivos;
  • Alimentação ruim.

Mesmo que seja difícil nesse momento de dependência do bebê, tente reservar alguns poucos minutos do seu dia para relaxar. Algumas ótimas opções são yoga e meditação.

Caso isso não seja possível, opte pela aromaterapia. Essa técnica promove o relaxamento corporal e mental da mãe e da criança. Existem pesquisas que demonstram a efetividade da terapia olfativa no bem-estar e no humor dos pequenos e também das mamães¹.

Para colocar a aromaterapia em prática, basta usar óleos essenciais bem concentrados e um aromatizador. Assim, é possível deixar o ambiente tranquilo.

Quanto tempo dura a queda de cabelo após o parto?

Os sintomas costumam aparecer no terceiro mês após o nascimento da criança e são temporários: podem durar até seis meses depois do parto.

7 dicas para controlar a perda de fios após o parto

Sabe aquela história de “cada caso é um caso”? Então, isso também vale aqui, viu? Existem mulheres que possuem quedas mais acentuadas, outras que sentem pouca modificação. Por isso, é muito importante ficar atento ao volume de fios perdidos.

Se você notar que o volume de cabelo perdido é grande a ponto de ocasionar aberturas e espaços no couro cabeludo, procure um especialista! Assim, você realizará exames e terá uma orientação precisa de como prosseguir no seu caso. Recado dado, agora, vamos te contar quais são as dicas valiosas para controlar a queda de cabelo na amamentação.

1. Consuma alimentos ricos em vitaminas

A alimentação é um dos principais fatores que impactam a saúde capilar. Sendo assim, ter uma dieta balanceada é bom para tratar a queda de cabelo no pós-parto, seja para evitar ou frear a queda dos fios.

Opte por substituir refeições calóricas e pobre de nutrientes importantes por alimentos ricos em fibras, vitaminas e minerais. Incluir diferentes tipos de frutas, legumes, hortaliças, verduras, proteínas e cereais são ótimas formas de dar aquele pontapé inicial.

2. Lave o cabelo até três vezes na semana

A lavagem excessiva no cabelo ocasiona remoção dos óleos naturais dos fios, o que faz o cabelo ficar desidratado e desnutrido. Outra consequência é a irritação do couro cabeludo, principalmente quando são usados produtos químicos que agridem as madeixas.

Todos esses fatores levam ao enfraquecimento do cabelo, algo que deixa mais propenso à queda. Sendo assim, opte por lavá-lo três vezes na semana, mas o tempo pode ser mais curto caso seu cabelo seja muito oleoso. Nesse caso, monte um cronograma capilar especial para os fios oleosos.

3. Diminua o uso de secador

Assim como a lavagem excessiva, o calor intenso também fragiliza os fios. Portanto, a melhor alternativa é evitar usar o secador várias vezes na semana. Você pode usar protetores térmicos para impedir que a alta temperatura danifique os fios.

protetor térmico sobre um fundo liso

4. Mantenha uma rotina de cuidados com o cabelo

Criar e manter uma rotina de cuidados com os fios é essencial para equilibrar a quantidade de nutrientes que o cabelo precisa para se manter saudável. Por isso, a dica é hidratar, nutrir e reconstruir as mechas toda semana. Dessa forma, o couro cabeludo fica forte e menos quebradiço.

Se você tem processos químicos, invista em barreiras de proteção para potencializar a saúde capilar. Aqui, entram os protetores térmicos que fazem muita diferença quando o assunto é fortalecer os fios no pós-parto.

5. Use shampoo e condicionador específicos

Existem quatro divisões para os cabelos com base nas características nutritivas de cada um, são elas:

  • Oleoso;
  • Normal;
  • Misto;
  • Seco.

Cada tipo de fio exige diferentes necessidades, por isso, é preciso adquirir produtos capilares que sejam adequados ao seu tipo. Afinal, os shampoos e os condicionadores têm formulações específicas, uns hidratam, outros regulam a oleosidade e por aí vai.

6. Utilize máscaras de tratamento toda semana

As máscaras são ótimas para repor os nutrientes essenciais ao couro cabeludo, dessa forma, deixam os fios mais fortes e saudáveis — com aquele aspecto deslumbrante que sempre desejamos. Sendo assim, ao menos uma vez por semana, use as máscaras capilares para o seu tipo de cabelo. Esse momento de cuidado consigo é também um investimento no seu relaxamento, viu?

7. Tome vitaminas recomendada por especialistas

Em alguns casos, a queda de cabelos no pós-parto pode ser grave, chegando ao ponto de deixar o couro cabeludo com pequenos “buracos”. É claro que isso impacta muito a nossa autoestima. Nesses casos, busque ajuda profissional para ter um diagnóstico assertivo e iniciar o tratamento o quanto antes.

Lembre-se de que esse momento é temporário e, logo, você terá os seus fios fortes e mega saudáveis com aquele aspecto deslumbrante. Siga outras dicas presentes em nosso blog para descobrir como cuidar das suas mechas. Até o próximo conteúdo!

Referências

¹ KHAN, Gulnaz. Como a aromaterapia pode ajudar no bem-estar das crianças. Nationalgeographicbrasil, 7 jun. 2023. Acesso em: 16 nov. 2023.

compartilhe