blog

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

blog

Logo oceane
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

Nutricionista explica a importância do sono

Entenda em a importância do sono para o seu dia a dia, e como seus hábitos podem influenciar a qualidade do seu sono.

Flávia Rodrigues

10/05/2023

7 min de leitura

Flávia Rodrigues

7 min de leitura

Provavelmente você já ouviu falar que o sono é um dos pilares fundamentais para nossa saúde.

É durante o sono que o nosso corpo realiza diversos processos metabólicos importantes, como a regeneração celular, a produção de hormônios, o fortalecimento do sistema imunológico, além dos processos metabólicos.

E o momento de descanso é importante para regulação da nossa função cognitiva e também comportamental.

Um fator interessante de pontuar é que alguns estudos tem demonstrado que a duração e a qualidade do sono diminuíram nas últimas décadas, paralelamente, o estilo de vida moderno e padrões alimentares da população também mudaram.

Se a gente parar para analisar, estamos muito mais conectados por meio de telas e estímulos de luz artificial, trabalho por turno, sem contar na rotina mais corrida e a poluição sonora de quem vive em grandes centros.

sono

Sinais que talvez você não esteja dormindo bem:  

  • Dificuldade de memorização;
  • Falta de concentração;
  • Aumento da fome;
  • Vontade por doces no final da tarde;
  • Alterações no ciclo menstrual;
  • Irritabilidade;
  • Dificuldade para levantar;
  • Hábito de levantar para fazer xixi no meio da noite;
  • Falta de energia.

Mas será que para dormir bem, precisa dormir muito?  

O sono pode ser avaliado tanto quanto à duração do sono (número de horas de sono por noite), bem como à qualidade do sono.

Em geral, os adultos precisam de cerca de 7 a 9 horas dormindo por noite para se sentirem descansados ao longo do dia. No entanto, mais importante do que a quantidade de horas é a qualidade do sono. 

Se você é o tipo de pessoa que dorme longo períodos, mas tem uma noite muita agitada, se lembra de se movimentar, tem o hábito de levantar no meio da noite para fazer xixi, é um sinal de que você precisa reforçar a qualidade do seu sono.

Para essas situações, existem estratégias que podem ser aplicadas. 

Parar regular o sono a noite, você precisa mudar a sua rotina de dia 

Vou te contar um segredo, para melhorar o descanso a noite, é necessário organizar também a rotina matinal, isso porque é necessário regular a liberação do cortisol (hormônio do dia) e a melatonina (hormônio da noite). 

A melatonina e o cortisol são dois hormônios importantes para a regulação do sono. Enquanto a melatonina é responsável por induzir o sono e manter o ritmo circadiano, o cortisol é responsável por manter o estado de alerta e a energia durante o dia.

Durante a noite, quando a luz começa a diminuir, o corpo começa a produzir melatonina, o que ajuda a regular o sono e promover a sensação de relaxamento e sonolência.

À medida que a noite avança, a produção de cortisol aumenta gradualmente, atingindo seu pico nas primeiras horas da manhã, mas altos níveis de cortisol no final da tarde e a noite podem dificultar o início do sono.

Portanto, é importante manter um equilíbrio saudável entre a produção de melatonina e cortisol. É possível utilizar de algumas estratégias para ajudar no equilíbrio desses hormônios.

Ciclo cicardiano

Estratégias para dormir bem 

1 – Organize a sua rotina matinal

Sabendo da relação do stress com as possíveis alterações entre esses 2 hormônios importantes, inicie o dia acordando 15 minutinhos mais cedo, deixe algumas coisas pré-preparadas, dessa forma você vai conseguir acordar com mais calma para iniciar as tarefas do dia.

2 – Se expor ao menos 10-15 minutinhos a luz natural

Em meio a tantos estímulos eletrônicos e com luz artificial que recebemos em nosso dia, ter um momento na rotina para ter o contato com a luz solar, auxilia na regulação do cortisol, além de contribuir para a melhora do humor.

3 – Jante mais cedo, controle a carga glicêmica do jantar

Jante com um intervalo de ao menos 2-3h do momento de se deitar. Inclua nesse jantar boas fontes proteicas, carboidratos integrais e uma grande variedade de vegetais, principalmente os cozidos.  

4 – Evite estimulantes

Café, chá mate, chá preto, chá vermelho, chá verde, chá branco, energético, bebidas a base de cola, guaraná e suplementos com cafeína.

A depender da sua metabolização e da quantidade consumida, pode ser necessário revisitar as quantidades consumidas dessas bebida ao longo da manhã.

Evite o consumo após às 14h. Mesmo que você consiga pegar no sono, lembre-se do que conversamos, não é apenas sobre a quantidade de horas, mas sim, sobre a qualidade desse sono ao longo de toda a noite.

5 – Pratique exercícios com regularidade

Ajudam a melhorar a qualidade do sono, pelo estimulo de neurotransmissores, mas evite fazer exercícios muito perto da hora de dormir.

Comece pela higiene do sono 

Higiene do sono é adicionar hábitos para melhorar a sua noite. Vem aprender o passo a passo, para você iniciar a sua rotina de sono de princesa:

  • Defina um horário para dormir, evite passar das 23h;
  • Inclua um banho quente;
  • Faça o chazinho relaxante (mulungu, melissa, valeriana, passiflora, hortelã, camomila…)
  • Troque o estimulo de telas de computadores e celulares por um livro, um podcast, ou uma meditação guiada;
  • Deixe o ambiente confortável para que a noite de sono seja digna de um sono reparador;
  • Utilize a aromoterapia: pingue 2 gotinhas de óleo essencial no travesseiro ou difusor;
  • Jante cedo.

Além dessas diferentes estratégias que podem ser aplicadas, quando existe indicação, também há a possibilidade de, em paralelo, entrar com suplementos que reforcem o sono como: melatonina, mio-inositol, magnésio, 5-HTP, L-Theanina, Taurina… e por aí vai.

Lembre-se, caso tenha dúvidas, consulta um especialista.

Durmam bem, até a próxima!

Gostou desse conteúdo? Confira aqui algumas dicas de aromaterapia para melhorar o seu bem-estar.

compartilhe