blog

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

blog

Logo oceane
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

Tendências de beleza Primavera 2023

Depois da temporada de semanas de moda internacionais, veja quais foram as principais tendências de beleza das passarelas!

Gui Takahashi

04/10/2022

5 min de leitura

Gui Takahashi

5 min de leitura

Foi dada a largada para as fashion weeks gringos e com eles as tendências aparecem!

E parece que, depois do isolamento, esses fashion shows retornaram ao presencial mais bombados que nunca, não?

E a gente por aqui tem seguido tudo com olhos atentos. Depois de uma volta pelas passarelas de Nova York, Londres e Milão, aqui vão as trends de beleza mais promissoras que vimos!

+ Arrase no delineado: os segredos dos delineados em alta

Confira 7 tendências que notamos em destaque nas fashion weeks!

1. Wet Hair

Ok, ele não é novidade. O mundo da moda sempre viveu uma história de amor com os fios molhados, que deixam o carão bem à mostra.

Tem uma vibe fashion, uma vibe festa, uma vibe moderna. Foi assim no show de Diesel e Alberta Ferretti em Milão, Proenza Schouler em NY, Nensi Dojaka e Simone Rocha em Londres.

2. Sobrancelhas descoloridas

Pois é, elas são o antagonismo das bushy brows, o oposto dos arcos cheios, grossos e expressivos que há um bom tempo temos buscado e visto.

As sobrancelhas estavam com os fios bem claros ou apagados nos desfiles de Jason Wu, Proenza Schouler, JW Anderson e Marco Rambaldi. 

+ Aprenda a valorizar as sobrancelhas com dicas da Mari Saad

3. Sleek Hair

Sara Battaglia, Christian Siriano, Carolina Herrera, Ulla Johnson apresentaram suas modelos com cabelos presos, bem puxados para trás ou para a lateral, ora com risca, ora sem. Esse visual mais polido garante um look mais sofisticado.

4. Foco na pele

As mais desatentas até poderiam categorizar os visuais como uma “make nada”. Mas como normalmente essas maquiagens guardam um trabalho primoroso de preparação de pele e construção de cobertura indetectável, o mais justo seria dizer que o foco estava na pele em si.

Os acabamentos variaram dos mais molhados ao semi-matte. As grifes que apostaram nessa pegada foram Erdem, Fendi, Richard Quinn, JW Anderson, Nensi Dojaka e Proenza Schouler.

+ Skincare descomplicado: aprenda o básico da rotina

5. Boca tudo

Depois de termos jogado nossos batons no fundo da gaveta por conta das máscaras de proteção à pandemia, ao que indicam os desfiles de Carolina Herrera, Christian Siriano, Roberto Cavalli, Moschino e Dilara Findikoglu, é hora de voltar a pintar os lábios.

Batom intenso, matte ou laqueados com muuuito gloss … eles foram a estrela de muitas maquiagens!

+ Como escolher o batom vermelho perfeito?

6. Pegada de cor

Se em alguns shows o protagonismo ficou todo para a pele, em contrapartida, alguns outros estilistas e maquiadores apostaram com força nas cores.

Muitos visuais elaborados e vibrantes pareciam ter saído dos tutoriais mais descolados do Tik Tok. Foi assim em Batsheva, Mark Fast, Halpern, Prabal Gurung, GCDS e Marisa Wilson.

+ Como escolher uma paleta de sombras?

7. Texturas mais naturais

Fios menos processados, modelados ou extremamente polidos traziam uma sensação de cabelos mais naturais em suas texturas e shapes.

Assim foi nos shows de Gucci, Versace e Prada.

+ Confira o post sobre pele e autoestima para iniciar sua jornada de aceitação

compartilhe