blog

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

blog

Logo oceane
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

Retinol: dermatologista explica os benefícios

O retinol está presente em diversos produtos das rotinas de cuidados com a pele. Vem entender quais são as indicações desse ativo!

dra Thais Akemi

17/10/2022

3 min de leitura

dra Thais Akemi

3 min de leitura

destaque retinol

O retinol está cada vez mais popular nas rotinas de skincare, mas deve ser usado de maneira adequada conforme sua necessidade de tratamento.

Vem entender tudo sobre as formas de uso!

O que é o retinol?

O retinol é uma molécula muito versátil derivada da vitamina A, que pode ser utilizada no tratamento da pele jovem à madura.

Ele e é encontrado em diversas apresentações, como cremes, séruns e até máscaras faciais.

O que o retinol faz na pele e para que serve?

O retinol promove a renovação celular e estimula a produção de colágeno, sendo assim, é capaz de melhorar a aparência de rugas, linhas de expressão, poros dilatados, textura, luminosidade e firmeza da pele. 

retinol sérum

Ele também tem ação na pigmentação e é eficaz no tratamento de manchas e uniformização da tonalidade da pele. 

Além disso, atua na redução da oleosidade e tem ação queratolítica (destroem a camada córnea da pele), gerando uma leve “esfoliação” da camada superficial da pele, reduzindo os cravos e as espinhas. Portanto, é um bom aliado no tratamento da acne também.

+ Como criar a rotina perfeita de skincare

Como utilizar o retinol na rotina de cuidados com a pele?

O retinol é uma substância mais rotineiramente empregada no skincare.

Deve ser aplicada uma pequena quantidade do produto, evitando a área ao redor dos olhos, canto do nariz e da boca.

No dia seguinte, deve ser realizada a lavagem facial e aplicação de um filtro solar.

+ Por que o protetor solar é importante?

pele madura

O retinol pode gerar irritação, vermelhidão e descamação em alguns casos. O recomendado é que inicie seu uso aos poucos, 2-3 vezes por semana e que seja alternado com outros agentes nutritivos e hidratantes. A frequência pode ser aumentada de acordo com a tolerância da pele posteriormente.

A sua associação com outros ácidos pode, também, aumentar a chance de sensibilização.

Quando o retinol deve ser evitado?

O retinol não deve ser utilizado em gestantes, devido à possibilidade de teratogenicidade (anormal desenvolvimento prenatal), podendo prejudicar a formação do bebê.

Embora seja o derivado da vitamina A com maior tolerância, pessoas com a pele muito sensível ou com rosácea, podem apresentar irritações e devem utilizar o produto com maior cautela, consultando sempre um dermatologista!

Gostou desse conteúdo? Confira esse post sobre ácido hialurônico.

compartilhe