blog

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

blog

Logo oceane
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

Insolação dura de 2 a 4 dias. Veja como tratar e prevenir

O calor chegou e, com ele, aumentam os casos de insolação. Aprenda a aproveitar o verão sem perrengues. Vem cá ;)

Redação Océane

19/12/2023

5 min de leitura

Redação Océane

5 min de leitura

mulher olhando o mar, sentada na areia.

 

O verão inspira diversão e seus dias iluminados são convites para sairmos de casa e aproveitarmos. Com ele, aumentam também os casos de insolação que tem como principal causa o excesso de exposição ao sol sem proteção.

A insolação dói, é perigosa e causa vítimas ano após ano. A gente não quer alarmar e nem mesmo dizer para você viver trancada na sombra, ok? Queremos informar o que acontece com exposição excessiva ao sol e o que fazer caso já tenha feito. Vem entender 😉

Tipos de insolação

Na hora do sol quente não dá nada, parece que é só calor do momento mesmo. Depois, é que o B.O. aparece. Aparece ardência, sensibilidade e vermelhidão na pele, podendo avançar para tontura e, em apenas casos muito graves, convulsões e desmaios.

Os sintomas de insolação são intensos e geram muito desconforto. É aquele caso: cada pessoa reage de uma forma. Existem casos em que a insolação não passará de uma irritaçãozinha na pele e em outros capazes de deixar uma pessoa em estado grave no hospital.

Então, vamos entender os tipos de insolação.
protetor solar da oceane, fps 30

Insolação leve

Pele vermelha, sensível e ardendo são os primeiros sintomas. Seguidos de desidratação, dores de cabeça e náuseas. Geralmente acontece quando a ficamos expostos a mais ou menos 1h seguida, bem no meio do dia.

✅ Cuidados básicos: banhos gelados, ambientes refrigerados, roupas leves e pós-sol.

Insolação grave

Acontece a mesma ardência, sensibilidade, vermelhidão, desidratação, náusea e dor de cabeça, porém é mais forte, a ponto do corpo não conseguir controlar a temperatura corporal. Aqui é quando ficamos mais de 2h30min no período mais forte.

✅ Cuidados básicos: imersão em água gelada, ficar em ambientes refrigerados, usar roupas apenas quando necessário, passar cremes hidratantes gelados de hora em hora e não pressionar o local ao recostar.

Formas de prevenir

mulher na praia passando protetor solar nos seus ombros

A prevenção é sempre a melhor amiga da nossa saúde. Por conta disso, estar atento aos sinais que podem levar a um quadro de insolação é fundamental para os dias quentes poderem ser aproveitados de verdade. Para isso, então, bloqueie o sol assim:

  • Use chapéus, óculos de sol, blusas com proteção UV;
  • Prefira tecidos claros e leves;
  • Não se exponha ao sol entre 10h e 16h;
  • Aumente o consumo de água e outros líquidos;
  • Caso seja inevitável a exposição solar em horário não recomendado, busque por sombras ou use seu guarda-sol.

Grupos de risco para insolação

chapéu de palha, chinelo e bolsa com diversos acessórios na areia de uma praia

Crianças, idosos, pessoas com pele super clara e sensível são mais propensas à insolação por questões biológicas mesmo. Agora, existem outros dois grupos mais suscetíveis: os trabalhadores autônomos beira-mar, por exemplo, e atletas de esportes ao ar livre. Cuide-se sempre.

Outros perigos decorrentes da insolação

” Tomei muito sol e agora? Já passou da insolação.”

Bom, tudo começa com ela e pode avançar para situações diferentes dependendo do ambiente que você está. Vamos entender um pouco mais.

Eritema solar

O eritema solar é a forma mais comum de queimadura. Ela acontece nos momentos em que descuidamos do protetor solar e acabamos queimando braços e pernas em uma caminhada pelo centro da cidade. O povo já apelidou isso de “corpo napolitano”.

Esse tipo de queimadura deixa a pele mais escura e potencializa os efeitos do envelhecimento. Não é preocupante no momento, tá? Isso é super normal.

Golpe de calor

O golpe de calor pode acontecer em paralelo à insolação – e também tem seus perigos. Ele acontece quando o corpo fica acima dos 40°C.

A alta temperatura acelera os batimentos cardíacos, provoca febre elevada, confusão mental, náuseas, convulsões e desmaios. Geralmente, o golpe acontece quando o ambiente fica quente demais.

Isso pode acontecer em salões de festa, baladas, estádios e demais lugares fechados sem ventilação.

Portanto, ao mínimo sinal de desconforto térmico, é fundamental buscar abrigo, um lugar fresco, seguro e arejado. Depois, procure hidratação mais intensa, de forma que os efeitos mais agudos estabilizem e a busca por ajuda médica possa ocorrer.
loção hidratante da oceane

Queimadura solar

A queimadura solar acontece quando há exposição desprotegida ao sol. Ocorre pela ação dos raios solares do tipo UV – ultravioleta – e causam ardência na pele, que fica avermelhada e também dolorida.

Acontece muito com quem fala: “esse verão eu quero marquinha” (rs). Nem todas as peles ficam bronzeadas expostas ao sol, não é? E, geralmente, quem tem a pele sensível fica com queimadura solar.

Esse tipo de queimadura é contornável com a hidratação intensa da pele, cremes hidratantes gelados e pós-sol. No entanto, em casos mais graves, a queimadura solar causa inchaço e bolhas grandes.

Com o tempo a pele descascará e voltará ao normal. Até lá, atente-se aos quadros febris e complicações decorrentes da alta temperatura.

Veja aqui como ter um bronzeamento saudável.

Prickly heat (Miliária)

A miliária é um evento que pode parecer como uma alergia solar. No entanto, ocorre quando a pele tem seus poros obstruídos pela inflamação causada pela queimadura solar.

Isso faz com que o suor fique retido por seu corpo, o que vai causar, então, bolhas vermelhas e coceira intensa na pele.

Esse tipo de evento é mais observado em crianças pequenas, que devem ter a proteção contra os danos do sol ainda mais reforçada nos meses mais quentes do ano.

Conforme pudemos ver hoje, o sol e o calor, ao mesmo tempo que são deliciosas companhias, podem fazer com que nosso bem-estar vá por água abaixo quando não tomamos alguns cuidados fundamentais que passam sempre pela proteção.

Quer saber mais sobre como cuidar da pele no verão e até o que fazer quando tomar sol em excesso? Vem ver!
creme calmante da oceane para insolação

compartilhe