blog

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

blog

Logo oceane
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

A casa seis e o esforço da rotina

Aprenda a interpretar a casa seis no seu mapa astral em detalhes e confira como se preparar para o próximo eclipse

Felícia Nova

27/10/2023

3 min de leitura

Felícia Nova

3 min de leitura

Hello Oceaners!! Tudo bem com vocês?

Chegamos na metade da mandala astrológica! Após nos divertirmos, criarmos e usufruirmos dos prazeres da vida na quinta casa chegou a hora de fazer as contas com a realidade.

Bóra falar sobre a sexta casa?

Sobre as casas astrológicas 

Quando olhamos para o nosso mapa astral visualizamos uma mandala onde se distribuem doze signos bem como doze casas. Cada uma das casas representa uma circustância, um lugar, uma área da nossa vida.

Acho interessante pensarmos que assim como numa peça de teatro ou em um filme, os planetas são os atores, os signos são os papéis que eles interpretam e as casas são o cenário onde as cenas se desenvolvem.

A casa seis na astrologia

Conhecida como a casa da “má sorte” na astrologia tradicional a sexta casa é a primeira a nos trazer partes menos agradáveis da nossa jornada.

A vida é feita de momentos variados e eles nem sempre são sobre os nossos prazeres. Essa casa fala sobre a nossa saúde física (a nossa saúde mental se relaciona com a décima segunda casa), nosso trabalho e a nossa rotina. Aqui estruturamos o nosso dia a dia, os nossos afazeres, os nossos horários.

Se pensarmos que para sermos saudáveis devemos nos exercitar regularmente, ter uma boa higiene do sono e nos alimentarmos bem, já vemos que não é uma tarefa fácil, e sim um cuidado que exige comprometimento dedicação e esforços constantes.

A casa seis se relaciona com o serviço, com a nossa forma de servir e também como tratamos quem nos serve. A maneira com a qual nos relacionamos com os nossos colegas de trabalho também é vista nessa área do nosso mapa natal.

Os nossos pets também se relacionam com essa casa. A dedicação, o quanto nos sacrificamos e a profunda ligação que os nossos pequenos animais tem com a nossa saúde é inquestionável.

A casa seis nos ensina sobre causa e consequência, esforço, humildade e as pequenas coisas da nossa rotina. É chegada a hora encararmos a realidade como ela se apresenta.

Essa casa nos lembra que somos uma alma que possui um corpo e não o contrário.

ROTININHA CÓSMICA

Eclipse lunar em touro na temporada escorpiana

No dia 28 de outubro ocorrerá o último eclipse dessa temporada, um eclipse lunar na constelação de touro.

A lua se sente muito confortável nesse signo que exalta suas qualidades, seu desejo por segurança e estabilidade.

Devemos lembrar que todo eclipse lunar é uma lua cheia, então do lado oposto a lua, temos o Sol, que nesse caso se encontra no signo de escorpião nos levando a transformações ativa do nossos gatilhos e trazendo a superfície a raiz dos mesmos nos convidando a sentirmos essas emoções no nosso corpo, lidando com as sombras que carregamos no mais profundo do nosso ser.

É tempo de abraçar a nossa escuridão para transformar a nossa presente realidade.

É sem dúvida um eclipse dramático e bastante intenso pois ele acontece com a Lua ao lado de Jupiter e em oposição o Sol está acompanhado de Marte e Mercúrio. Marte domiciliado em escorpião, signo feminino que ele rege ganha poder e ao lado de mercúrio nos alerta para o poder das palavras.

Devemos tomar cuidado com o que falamos, pois nossas palavras tendem a ferir os outros assim como os nossos pensamentos podem nos tornar obsessivos.

A energia do eclipse deixa tudo a flor da pele e escorpião intensifica essa profundidade. Temos o convite para sentarmos ao lado do nosso lado mais obscuro, e lidar com os nossos arroubos de raiva a fim de sermos escorpianamente estratégicos.

Devemos lembrar também que touro fala dos nossos valores e quando reagimos sem pensar aos nossos gatilhos, muitas das vezes o prazer momentâneo não corresponde ao que realmente acreditamos e queremos para nós.

Abrir o coração para olharmos honestamente para todas as nossas partes, mesmo aquelas que não nos agrada e que escondemos até de nós mesmos, é necessário para conseguirmos realizar as transformações que a energia cósmica está nos convidando.

Bom eclipse para nós!!!

Gostou desse conteúdo? Confira mais posts de astrologia aqui!

compartilhe