blog

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

blog

Logo oceane
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
experts

Não é cravo! Conheça os filamentos sebáceos e como tratar

Os filamentos sebáceos são pontinhos que aparecem do mesmo tamanho no rosto, principalmente no nariz. Saiba como se livrar deles em 4 passos.

Redação Océane

14/02/2024

5 min de leitura

Redação Océane

5 min de leitura

pessoal limpando o nariz

Tem decepção maior do que sair de casa linda e, após algumas horas, olhar no espelho e ver que seu rosto está oleoso, principalmente na zona T? Muitas vezes, começamos a procurar desesperadamente para saber que raios são aqueles pontinhos pretos que surgiram na nossa pele e até chegamos a achar que são cravos, mas nem sempre são, viu?

nariz com diversas marcas de filamentos

É comum que os filamentos sebáceos sejam confundidos com cravos, afinal, ambos são pontinhos escuros no rosto. Mas existem muitas diferenças entre essas duas estruturas que surgem na face. Neste post, iremos explicar tudo sobre o assunto: o que são, como identificar e como tratá-los. Vamos lá!

O que são filamentos sebáceos?

Também conhecidos como tampões sebáceos, são estruturas filamentares e finas que surgem no rosto, principalmente na zona T, aquela que contempla o nariz, a testa e o queixo. Os filamentos surgem pelo acúmulo de vários compostos, como sebo, células mortas da pele e bactérias.

A aparência deles pode variar de acordo com cada pessoa, em alguns casos, são notados facilmente e, em outros, são quase imperceptíveis. Fato é que essa condição é natural, isso quer dizer que todo mundo está propenso a ter os pontos cinza no rosto — é normal!

Como identificar a presença dos filamentos pelo rosto?

Os filamentos fazem questão de demonstrar que existem, o que ocorre de forma bem desagradável: com a produção exagerada de sebo, deixando a pele oleosa. Você pode sentir isso por meio da textura gordurosa e do brilho excessivo da epiderme.

O sebo é um óleo produzido naturalmente pelo corpo, e não se engane, ele é essencial para manter a lubrificação da pele, proteger contra o ressecamento, fortalecer a barreira cutânea e regular a temperatura da epiderme. Ou seja, quando produzido em quantidades ideais, mantém o rosto bonito e saudável.

A partir do momento que a produção começa a ser exagerada, como quando os poros estão obstruídos, o óleo natural não consegue fluir normalmente por toda a face, e o resultado você já conhece bem: acúmulo de sebo na zona T.

São filamentos ou cravos pretos? Descubra como diferenciar

Os cravos pretos são uma forma de acne que surge a partir da produção de sebo, bactérias e células mortas que ficam acumuladas na região. O aspecto dos cravos são pontinhos escuros em tamanhos diferentes, uns pequenos, outros grandes. Aliás, essa é a principal diferença visual dos filamentos e dos cravinhos.

Os tampões sebáceos apresentam pontinhos regulares em cores que se assemelham a branco ou a cinza. As estruturas nascem, também, a partir de impurezas que causam a obstrução dos poros. Mesmo com a obstrução, a produção de sebo continua, é isso que gera a aparência de oleosidade na pele.

Agora que já explicamos a diferença entre cravos e filamentos, vamos fazer um teste juntos para descobrir qual você tem. Fique em frente a um espelho com uma iluminação favorável, observe se os pontos são regulares e acinzentados ou irregulares e pretos. Se forem pontinhos de tamanhos iguais, são filamentos, já os desiguais indicam cravos.

Por que surgem os pontos no rosto e no nariz?

O filamento serve como um canal para transportar a oleosidade por todo o rosto, quando esse curso não é limpo adequadamente, ele acumula impurezas, como células mortas, bactérias e sebo. Mesmo com o entupimento dessa via, a produção de sebo não para, por isso, o rosto fica oleoso e com alguns pontos cinzas.

4 dicas para tratar os filamentos sebáceos no rosto

É importante entendermos que os tampões sebáceos são naturais, podem ocorrer com qualquer pessoa e a qualquer momento. Por isso, não tem como se livrar deles para sempre, mas tem como tratar para removê-los e evitar que retornem. Vamos te contar como fazer isso agora!

1. Faça uma limpeza dupla com produtos antiacne

cleanser para acnes

Existe uma técnica coreana muito eficiente para limpar a pele profundamente, a double cleansing usa dois limpadores faciais, um a base de óleo e outro a base de água. A ideia principal é eliminar todas as impurezas presentes no rosto, essa é uma maneira eficiente de prevenir e tratar os filamentos sebáceos.

Para potencializar o tratamento, opte por dermocosméticos de limpeza rica em ácido salicílico ou enxofre. Ambos os ingredientes possuem formulação poderosa que permite solubilizar o sebo, ajudando a limpar os poros obstruídos.

2. Passe séruns antioleosidade diariamente

serum facial da oceane

Os séruns antiacne e antioleosidade têm formulação capaz de promover ação esfoliante suave, desobstruir os poros, controlar a oleosidade, reduzir a inflamação e melhorar a textura da pele. Além de tudo isso, o ácido age para prevenir novos fechamentos dos poros.

3. Mantenha a hidratação e a proteção solar todos os dias

creme para acne

Junto às estratégias para tratar os filamentos sebáceos, devemos redobrar os cuidados com a hidratação e a proteção do rosto. Afinal, os tratamentos para tirar os pontinhos cinza incluem ácidos com formulações poderosas, isso pode deixar a pele mais seca.

Por isso, é essencial repor a umidade e proteger a epiderme de irritações causadas pelos raios solares. Além disso, esses esforços vão evitar complicações na pele e fortalecer a barreira cutânea. O resultado de tudo isso é um rosto radiante e viçoso.

4. Use máscaras com ácidos que dissolvem os tampões

As máscaras faciais são essenciais para quem deseja ter uma pele saudável. As formulações presentes nos produtos são concentradas para promover a renovação celular, desobstruir os poros, controlar a produção de sebo, reduzir a inflamação e melhorar a textura da face.

Os melhores ativos para tratar os filamentos sebáceos são:

  • Ácido salicílico;
  • Ácido glicólico;
  • Ácido lático;
  • Ácido mandélico;
  • Ácido hialurônico.

Os tampões sebáceos são estruturas filamentares e finas presentes no rosto, que surgem a partir da obstrução dos filamentos que transportam a oleosidade pelo rosto. Podem ocorrer com qualquer pessoa e não existe uma fórmula mágica para se livrar deles, mas redobrar os passos do skincare e usar produtos adequados vai ajudar você a removê-los sem machucar a pele!

compartilhe